Slide background

Blog


Você sabe o que é o “Ciência Sem Fronteiras”?

Ciência Sem Fronteiras

Com quatro anos de existência, o programa “Ciência Sem Fronteiras” está cada vez mais contemplando estudantes brasileiros. Você, estudante, já deve ter ouvido falar muito sobre ele, mas, você sabe como funciona o programa, como se inscrever, os requisitos e o objetivo?

O “Ciência Sem Fronteiras” visa ao desenvolvimento tecnológico e científico de alunos da graduação e pós-graduação (que estejam relacionadas às ciências exatas e biológicas) e pesquisadores. São ofertadas bolsas de estudos que oferecem aos estudantes a oportunidade de cursar um período ou determinadas disciplinas em instituições estrangeiras de alto nível.

Na graduação, os candidatos à bolsa precisam estudar em instituições brasileiras que tenham aderido ao programa. Já os de doutorado devem primeiro ser aceitos na universidade estrangeira que desejam estudar antes mesmo de se inscreverem no programa. As vagas para pesquisadores são para estágio e o candidato deve ter experiência profissional, formação compatível com a finalidade do programa e estar empregado.

São escolhidos os alunos com melhor aproveitamento e potencial acadêmico, além de domínio na língua do país onde pretende estudar. Também é exigido que já tenha concluído 20% do currículo previsto para seu curso. E, sim, você pode optar a universidade que deseja cursar, mas isso não garante sua vaga.

Os valores da bolsa são diferenciados e divulgados no site oficial.

Se você, vestibulando, visa à área de ciências biológicas ou exatas, vale a pena se programar e se dedicar para ser um dos contemplados com o “Ciência Sem Fronteiras”. A experiência e o nível de aprendizado são incríveis!